Anonymous: A máscara falsa

Foto: Google Imagens

Foto: Google Imagens

O grupo Anonymous procura sempre algum tipo de destaque. Eles querem “desmascarar” (usando máscaras) a política brasileira. Que contraditório!  Mas espera, não seria um tipo de exibicionismo? Veja bem, as manifestações ganharam repercussão e visibilidade devido a internet, que é o principal meio usado por esse grupo para difundir informações falsas para população, principalmente por meio das redes sociais.

O Anonymous cria a bagunça e depois apresenta a solução como um verdadeiro “circo”, com direito a holofotes e até aplausos. É muito fácil traçar estratégias assim! E com isso, por falta de conhecimento várias pessoas não assimilam a farsa de um verdadeiro grupo de ativistas, com ideais e sem pretensões financeiras envolvidas.

Talvez, como forma de glorificar-se como os “salvadores das história”, o grupo não mede esforços para inverter situações e logo estão aparecendo com várias ideias de mudanças para um mundo melhor.

Nas últimas semanas, na manifestação em Brasília, muita gente estranhou a comissão de frente ser formada pelo grupo mascarado. Por que eles estariam no comando dos protestos? Por que o uso de frases em inglês?  A explicação é certa: o grupo de hackers cria a condição, as pessoas reagem, e depois eles ressurgem com o tão esperado desfecho da história.

Não precisa desmoralizar as pessoas para conseguir uma causa. Ainda mais quando essa causa é para o bem comum. A política existe para ajudar a sociedade e não para atrapalhar.

Por isso cuidado, você pode estar sendo manipulado(a)!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s